Cartas Lydia Jacob Story

Cartas Lydia Jacob Story – 55 colagens de mídia mista de Raymond E. Waydelich nos convidam a associar e inventar junto com seu ciador.

Categorias: ,

Descrição

Cartas Lydia Jacob Story – 55 colagens de mídia mista de Raymond E. Waydelich nos convidam a associar e inventar junto com seu ciador. (edição limitada, caixa preta, carimbo de ouro)

O artista alsaciano Raymond E. Waydelich tem uma paixão por combinar objetos encontrados com pintura para compor suas obras de arte.
Ele criou 55 obras de arte do tamanho de uma carta, temperadas com seu próprio humor, especialmente para esse gênero de ferramentas divertidas.

Além de ser uma obra de arte por si só, cada uma das Cartas Lydia Jacob Story é um ponto de partida para um mundo surreal, um lugar novo e ainda desconhecido, ocupado por uma coleção memorável de humanos, animais, plantas e (possivelmente ) objetos inanimados.

Reunidos em um cenário de paisagens vívidas, textos misteriosos e mapas surpreendentes, os habitantes do mundo de LYDIA JACOB nos convidam a associar e inventar junto com seu criador. Nossa fantasia pode assumir o lugar de onde o artista parou.

As Cartas Lydia Jacob Story podem nos inspirar tanto ao prazer contemplativo de obras de arte deliciosas quanto à criatividade ativa, como contar histórias, teatro, música e dança.

Autor: Raymond E. Waydelich

Autor

Raymond E. Waydelich

Nascido em Straßburg em 1938, o artista Raymond E. Waydelich ainda vive perto do coração daquela metrópole da Alsácia.

Antes mesmo de ele e seus trabalhos começarem a viajar para lugares distantes do mundo, Raymond era bem conhecido em seu país de origem. Seja como pianista, cantor ou criador de Happenings dos anos 70, ou como o renomado artista dos tempos atuais, Raymond sempre foi encontrado no pulso da cultura alsaciana contemporânea.

Suas criações fabulosas, pintadas e esculpidas, encontraram-se em casas por toda a região. Você pode até descobrir sua presença artística em um bom restaurante alsaciano nas bestas fantasiosas de sua criação que decoram o cardápio ou seguram as velas.

Depois de estudar em Straßburg e Paris, o jovem Waydelich percorreu o norte da África como fotógrafo viajante. Lá, ele descobriu seu fascínio pela arqueologia, que apareceu e reapareceu em seu trabalho como “a arqueologia do futuro”.

Um colecionador insaciável de todos os tipos de objetos, Raymond desmonta e remonta, pinta, preserva e documenta. Seus trabalhos podem ser bidimensionais ou esculturais. Neles, encontramos o mundo e seu conteúdo reunidos como cartas em um baralho, depois embaralhados e transformados em novas justaposições fascinantes.

Até as obras mais sérias de Raymond testemunham sua brincadeira, inteligência e poesia. No decurso da coleta, um retrato fotográfico chegou a seu poder de Lydia Jacob, uma costureira que viveu em Strassburg durante a última parte do século XIX. Seu nome e os remanescentes de sua história tornaram-se o impulso originário de um ciclo contínuo de obras, a “Lydia Jacob Story”, na qual Raymond trabalha desde 1973. Pode-se dizer que ela se tornou sua anima? O artista diz: “Lydia Jacob? C’est moi “.

Em 1978, o trabalho de Raymond foi exibido na Bienal de Veneza. Seguiram-se exposições em Paris, Nova York e Tóquio. Suas pinturas, colagens, objetos e instalações premiados continuam a ser vistos na Europa e além.

Os cartões LYDIA JACOB STORY colocam nas mãos do espectador uma exposição privada para desfrutar em casa. Raymond E. Waydelich convida seus fãs, novos e antigos, a pegar um cartão e entrar no universo dele – e de Lydia Jacob.